Defensor geral destaca papel fiscalizador e empreendedor do Conselho Superior da DPE-AM


Ao empossar os oito novos membros do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), na manhã desta terça-feira, o defensor público geral Rafael Barbosa destacou o papel fiscalizador e empreendedor do órgão, cuja atuação será determinante para definir os caminhos de crescimento da Defensoria Pública para os próximos dois anos.

Outro dado importante, de acordo com ele, é que os defensores empossados representam paritariamente todas as quatro classes da carreira, o que permite uma troca de experiência mais efetiva entre os membros, contribuindo para o melhor desempenho de todos.

Foram empossados como conselheiros os defensores públicos Suellen Paes dos Santos Menta e Ricardo Queiroz de Paiva (primeira classe); Eduardo Rebelo Ituassu e Caroline Braz (segunda classe); Caroline Souza e Fernando Mestrinho (terceira classe), Messi Elmer e Carol Rocha (quarta classe).

Para Rafael Barbosa, a posse dos novos conselheiros é o início de uma nova jornada de compromisso, que já vinha sendo cumprido pelos conselheiros anteriores, com a interiorização da Defensoria, projeto que conta com apoio do Governo do Estado e está em andamento com a realização de concurso público.

O defensor anunciou que na próxima semana inicia os trabalhos para a implantação de mais um polo no interior, além de Parintins, que será em Itacoatiara. E até o final do ano, a Defensoria chegará aos municípios de Tefé, Tabatinga e Humaitá.

Para Rafael, a posse dos novos conselheiros é a indicação de que os anos de 2018 e 2019 serão muito importantes para que a DPE-AM continue crescendo e melhorando a qualidade dos seus serviços para os assistidos.

#Posse #ConselhoSuperior #DPEAM #Trabalho

0 visualização