Defensoria Pública do Estado e Ageman iniciam conversa para acordo visando agilizar ações contra Man


A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) e a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) iniciaram entendimento para a assinatura de um convênio visando reduzir o volume de ações judiciais contra a empresa Manaus Ambiental, buscando a resolução dos conflitos extrajudicialmente.

A expectativa, de acordo com o defensor público geral, Rafael Barbosa e o presidente da Ageman, Fábio Alho, é conseguir que pelo menos 80% das ações que estão sendo ajuizadas ou em fase de ajuizamento contra a empresa na DPE sejam resolvidas em acordos extrajudiciais. Atualmente, existem aproximadamente 800 ações em fase de ajuizamento ou ajuizadas contra a Manaus Ambiental na DPE.

Participaram também da reunião, os defensores Gustavo Linhares, da 3ª D