Defensoria oferece atendimento jurídico, psicológico e social às famílias de policiais mortos


A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) informa aos parentes dos policiais mortos supostamente pelo tenente da Polícia Militar Joselito Pessoa Anselmo, que podem procurar a DPE-AM para buscar assistência jurídica, caso necessitem, assim como atendimento social e psicológico.

O tenente é acusado de matar o sargento Edizandro e o cabo Grasiano e de atirar também em outras duas pessoas, sendo dois colegas dele militares.

De acordo com a polícia, o tenente, as duas vítimas fatais e os dois feridos estavam numa uma viatura descaracterizada da PM, retornando de uma festa, por volta das 2h deste sábado, 5. O automóvel estava sendo conduzido pelo cabo Grasiano e todos seriam levados para casa quando o tenente começou a atirar.

O núcleo da Defensoria Pública de Auditoria Militar pode ser contatado pelos telefones 3633-2955 e 3633-2986.

#Assistência #Vítimas #Crime

116 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL
Please reload

CONSELHO SUPERIOR
Please reload

LEGISLAÇÃO
SERVIÇOS
Please reload

IMPRENSA
Please reload

Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas