Rede de contingenciamento deve atuar no combate e prevenção de sinistros, em Manaus


A criação de uma “rede de contingenciamento de sinistros” foi definida nesta quinta-feira, 31, para que órgãos públicos atuem de forma rápida, combinada e efetiva no atendimento de emergências, como a que ocorreu no bairro Educandos, em dezembro de 2018, e deixou centenas de pessoas desabrigadas. A rede foi proposta em reunião realizada pelo Ministério Público do Estado (MPE-AM) com órgãos federais, estaduais e municipais. O objetivo é que as forças, estrutura e expertise das instituições envolvidas possam ser potencializadas e melhor aproveitadas em um trabalho coletivo, de modo a aplicar a melhor resposta ao combate de sinistros e atendimento às vítimas.