Processo Seletivo de Estágio em Direito tem questão anulada e pontuação atribuída a todos os candid


A Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Esudpam) informou nesta quinta-feira, 28, que a Banca Examinadora do 1º Processo Seletivo de Estágio em Direito de 2019 da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) deferiu e reconheceu parcialmente os recursos interpostos por uma candidata, anulando a questão de nº 47 de Língua Portuguesa da prova objetiva e atribuindo-se a pontuação a todos os candidatos.

O exame foi realizado no dia 24, na Faculdade Martha Falcão, na Zona Centro-Sul de Manaus, com 354 inscritos, para o preenchimento de 10 vagas em unidades da Defensoria nas zonas Norte e Leste da capital, além de servir para formação de cadastro de reserva voltado a todos os núcleos da instituição.

Ao estagiário será oferecida bolsa mensal no valor de R$ 779, auxílio-transporte no valor de R$ 167,20, além de seguro contra acidentes pessoais, nos termos da Lei nº 11.788/2008. Participam da seleção estudantes que cursam entre o 4º e o 8º período do curso de Direito.

Classificação

A cada questão objetiva será atribuído um ponto, totalizando 50 em função da quantidade de perguntas. A questão de avaliação subjetiva vale dez pontos e será corrigida levando em consideração o conteúdo jurídico e a norma culta da língua portuguesa.

Apenas serão avaliadas as provas subjetivas dos candidatos com aproveitamento igual ou superior a 50% nas questões objetivas. Concorrentes com nota inferior a 5 na pergunta subjetiva serão eliminados.

Resultado

A divulgação do resultado preliminar acontece no dia 9 de abril e a do resultado final em 18 de abril. As convocações dos aprovados serão feitas ao longo de 2019.

#Esudpam #Processoseletivodeestágio #EstágioemDireito

0 visualização