Defensoria nomeia três novos defensores públicos para atuar no interior


A Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) nomeou três novos defensores aprovados em concurso público e alcançou o total de dez nomeações para a função, em 2019. Após a posse dos novos nomes, a DPE-AM passará a contar com 109 defensores para atender a capital e reforçar o interior com os polos de Parintins, Itacoatiara e, em breve, Humaitá, Tabatinga e Tefé. As nomeações foram publicadas na edição do Diário Oficial Eletrônico desta segunda-feira, 2, que está disponível no site da instituição. Foram nomeados Vinícius Cepil Coelho, Bruno Fiorin Hernig e Rafael Lutti, que alcançaram a 8ª, 9ª e 10ª classificação no concurso, respectivamente. Eles ocuparão as vagas de defensor público de 4ª classe. É o terceiro ato de nomeação do ano realizado pelo defensor público geral, Rafael Barbosa, uma vez que Rodolfo Pinheiro Bernardo Lobo, Roberta Eifler Barbosa e Gabriela Lima Andrade, três primeiros classificados no certame, foram nomeados em janeiro, e José Maria Arcanjo Alves Filho, Stefanie Barbosa Sobral, Oswaldo Machado Neto e Natália Saab Martins da Silva, foram nomeados em março. Todos reforçarão os serviços de assistência jurídica prestada pela DPE-AM à população do interior do Estado. O primeiro grupo nomeado já está atuando no Polo Zeca Pontes, em Parintins, a fim de suprir ausências de defensores que deixaram de atuar nesses municípios, em função de transferência para outras localidades. O segundo irá para Humaitá, cujo polo será inaugurado no dia 15 deste mês. O deslocamento dos defensores faz parte dos esforços da DPE-AM para fortalecer o processo de interiorização e melhor atendimento da população do interior. “Isso mostra que estamos trabalhando para fortalecer a Defensoria e, sobretudo, garantir ao nosso assistido o melhor e mais próximo atendimento que podemos oferecer. Estamos imprimindo esforços para que possamos convocar todos os aprovados para as 25 vagas de defensor público beneficiando o assistido que é nossa razão de existir”, destacou o defensor público geral Rafael Barbosa. Novos servidores – Três novos servidores também foram nomeados para integrar o quadro da Defensoria. Rayana da Costa Correia e Jardem Moura da Costa ocuparão o cargo de assistente técnico de Defensoria - Técnico Administrativo, em Manaus e Humaitá, respectivamente. Já Priscilla Prestes Carreira Cordeiro foi nomeada para o cargo de analista jurídico de Defensoria para atuar na capital. Sobre o certame - O concurso teve sua primeira etapa realizada em junho de 2018, para o preenchimento inicial de 25 vagas e teve 3.026 inscritos. O certame foi homologado em dezembro, após as etapas finais de prova oral e entrevistas, tendo 59 aprovados. As nomeações iniciais fazem parte de um cronograma financeiro orçamentário elaborado para 2019, depois da homologação do concurso pelo Conselho Superior da DPE-AM, em dezembro de 2018. Com a designação de defensores para os municípios de Parintins e Humaitá, as próximas nomeações terão como foco os polos da DPE-AM em Tabatinga e Tefé, que devem ser inaugurados ainda no primeiro semestre deste ano.

#Defensoria #nomeação #novosdefensores

195 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL
Please reload

CONSELHO SUPERIOR
Please reload

LEGISLAÇÃO
SERVIÇOS
Please reload

IMPRENSA
Please reload

Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas