Mediação de Defensoria pacifica disputa por limite de terreno no bairro Cidade de Deus


Um conflito entre vizinhos que poderia durar anos na Justiça, iniciado pela disputa de demarcação de um terreno no bairro Cidade de Deus, Zona Leste, foi pacificado por Defensores Publicos da Área Cível. Os Defensores, Vitor Kikuda e Raimundo Sérvulo, representando cada um dos integrantes na disputa, conseguiram resolver a demanda com a proposta de marcação de um novo limite entre os terrenos, informou o defensor público Vitor Kikuda.

A Defensoria Pública foi acionada pelo proprietário informando ter tido sua propriedade invadida pela vizinha dele, sob a alegação de que ela havia avançado 2,40 metros de frente por 60 metros de fundo, em sua propriedade. Pelo argumento dela, que havia comprado o terreno recentemente, essa extensão corresponderia ao total do terreno descrito na documentação do terreno adquirido por ela.

No ano de 2017, houve, inclusive, a derrubada de muro e cerca existentes no local, além da demolição de ponto comercial do proprietário.

No dia da audiência, ocorrida no mês passado, os defensores ouviram as argumentações de ambos fizeram a proposta de ir ao local para fazer verificações, o que aconteceu hoje. “Nas conversas na área do terreno aconteceu um acordo extrajudicial porque ambos aceitaram o estabelecimento de um novo marco, reconciliando os vizinhos, que voltaram a se comunicar”, explicou Kikuda, para lembrar a importância de se tentar acordos extrajudiciais fora do ambiente institucional.

#Mediação #Acordo #Defensoria

63 visualizações