Polo do Madeira realiza atendimento na unidade prisional de Itacoatiara


O Polo do Madeira da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) participou de uma ação na unidade prisional do município de Itacoatiara (a 180 quilômetros de Manaus), sede do polo, voltada para prevenção de sífilis, com exames e resultados no momento do atendimento, assim como de inspeção carcerária, quando foram constatadas boas condições dos presos no local. A informação foi dada pelo defensor público Bruno Fiorin, explicando que, paralelamente ao atendimento de saúde, oferecido pelo município, houve atendimento coletivo e, em seguida individualizado aos presos, já preparando-os para a semana do júri, que deve ocorrer nas próximas semanas. O defensor disse ainda ter iniciado conversas com a direção do presídio buscando um termo de cooperação para viabilizar a visita das companheiras dos presos que não possuem certidão de união estável. “Vamos dar uma assistência a elas pela Defensoria Pública para que formalizem a relação de união estável e possam realizar visita, inclusive íntima, através de processo judicial”, afirmou Bruno, que estava acompanhado do técnico administrativo Fábio Santos e estagário Mateus Gonçalves.

O defensor do Polo de Itacoatiara citou ainda o estabelecimento de parceria com a unidade prisional para que encaminhe regularmente à Defensoria todos os casos de presos que já completaram a pena e ainda continuam detidos ou que tenham direito a prisão domiciliar ou internação médica, de tal forma que a Defensoria Pública atue integralmente junto aos vulneráveis. “É importante estar próximo dos mais vulneráveis, com acesso jurídico, à saude integral, como prevê a lei”, finalizou.


71 visualizações