Casos suspeitos e confirmados de Covid-19 devem ser informados à administração da DPE-AM

Central Covid recebe os casos e cuida dos afastamentos de membros e servidores


Visando garantir a segurança de todo o quadro profissional, a fim de conter os riscos de contágio do coronavírus, a Administração da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) mantém em funcionamento, desde setembro de 2020, a Central Covid, unidade composta pelas diretorias Administrativa, de Controle Interno e de Planejamento da DPE-AM responsável pelo monitoramento, avaliação e deliberação dos afastamentos relacionados à doença.


A comunicação de casos suspeitos ou confirmados deve ser feita preenchendo um formulário, disponível no site da DPE-AM, mediante login do e-mail institucional. Tudo deve ser comunicado pela chefia imediata à Central Covid-19. Para acessar o formulário, clique aqui.


Após a comunicação via formulário, a Central Covid-19 informará ao chefe imediato, no prazo de 24 horas, os procedimentos posteriores. Quando há um caso confirmado de Covid-19 e, consequentemente, o afastamento, o servidor só continua trabalhando em casa se o parecer médico atestar a possibilidade de exercer suas atividades.


Depois do período de afastamento, é exigido do profissional um exame laboratorial ou parecer médico comprovando a segurança do retorno às atividades na instituição.


Mais informações sobre a Central Covid-19 podem ser obtidas na cartilha da Central Covid-19, clicando aqui.

369 visualizações