Defensoria empossa mais três novos aprovados em concurso público



O defensor público geral do Amazonas, Ricardo Paiva, empossou nesta quarta-feira (23) três novos servidores aprovados em concurso público que passam a integrar o quadro efetivo da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM). A cerimônia de posse foi realizada na sede administrativa da DPE-AM, na Zona Centro-Sul de Manaus, e contou com a presença dos empossados, familiares e membros da Defensoria.


Andreza Campos Lima da Silva e Érica Emanuelle Brito de Sousa foram empossadas para o cargo de Assistente Técnico de Defensoria, na especialidade Assistente Técnico Administrativo. Fabiano Oliveira dos Anjos foi empossado no cargo de Assistente Técnico em Tecnologia da Informação de Defensoria, na especialidade Assistente Técnico de Suporte. Os três atuarão em Manaus.


De acordo com Ricardo Paiva, as novas nomeações integram o cronograma da instituição de convocação dos aprovados no concurso público. “É uma alegria muito grande dar posse a três novos servidores que passam a integram o quadro da Defensoria e que certamente irão contribuir muito para que a instituição possa crescer. A Defensoria continua no seu processo de nomeação. Entendemos que é importante que os aprovados sejam nomeados e nosso compromisso é que, até o final de 2021, todos os aprovados sejam nomeados dentro no número de vagas previstas. Temos o cronograma para o primeiro e o segundo semestre de 2021, com novas nomeações, e vamos executá-lo”, afirmou.




Andreza é natural de Manaus e conta que ao completar 18 anos prestou o concurso público da Defensoria, inspirada no pai, que também é servidor público. “Meu sonho era ser médica, mas meu pai tinha passado em concurso público e me incentivou a realizar meus objetivos e passar no concurso para ingressar na Defensoria. Estou muito feliz porque meu pai e minha mãe estiveram ao meu lado o tempo todo que estive estudando e agora compartilharam o resultado desse esforço também na posse. Eles viram tudo o que passei e só tenho a agradecer”, disse.




Arquiteta por formação, Érika disse que sempre se identificou com o serviço público porque o pai e o irmão dela são servidores públicos. Ela é paraibana e há quinze anos morava no Pará, quando na última semana deixou tudo o que tinha no Estado vizinho ao Amazonas para mudar para Manaus, após ser comunicada da nomeação.


“É muito gratificante ingressar na Defensoria porque sei o quanto essa instituição é importante para a sociedade, principalmente para os mais necessitados. Poderia ter prestado concurso para outro órgão, mas para a Defensoria tem um significado especial porque sei que farei parte de uma instituição que ajuda pessoas que precisam. Quando ouvi meu nome ser dito pelo cerimonialista na posse, minha voz embargou. É gratificante chegar aqui”, contou.



Graduado em Design e natural de Manaus, Fabiano atua na área da Tecnologia da Informação (TI) desde 2007, quando se formou em Técnico em Informática pelo Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam). Desde 2011 atuava como instrutor do Cetam, na área de TI, ministrando aulas no interior do Estado para turmas de 20 alunos, em média. Realidade que deixará, a partir da nomeação, disse Fabiano.


“É uma conquista para mim como pessoa, como filho, para honrar meus pais, além da minha esposa e meus filhos. Venho de uma família humilde, com pouco acesso à educação e tive lutar por conta própria para conquistar o que tenho. Então, para mim, é uma conquista pessoal e me sinto muito agradecido porque agora começa uma nova jornada. Há quase dez anos ministro aula em cursos técnicos indo de município em município e, às vezes, passando até 60 dias longe da família. Agora que tomei posse, significa que posso firmar os pés em um único lugar, voltar para casa e abraçar meus filhos e minha esposa todos os dias com a certeza de estar em um único lugar”, pontuou.


Nomeações


Em menos de uma semana, a Defensoria empossou quatro novos servidores e nomeou oito novos defensores públicos. Na última segunda-feira (21), a servidora Isabella Cavalcante Antunes foi nomeada para o cargo de Analista Jurídico da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), na especialidade Ciências Jurídicas. No dia 18 deste mês, as nomeações dos oito novos defensores foram publicadas no Diário Oficial Eletrônico da DPE-AM.


Foram nomeados os defensores Thatiana David Borges; Livia Azevedo de Carvalho; Renata Visco Costa de Almeida; Francine Lucia Buffon Baldissarella; Jose Antonio Pereira da Silva; Mirella Leal Cabral Maciel; Thiago Torres Cordeiro; Bernardo Mello Portella Campos. Do total de nomeações, quatro correspondem a vagas abertas por falecimentos e aposentadorias.


No primeiro semestre deste ano, o cronograma de nomeações havia sido suspenso em virtude da pandemia de Covid-19. Em agosto, os processos internos com essa finalidade foram retomados, logo após o plano de reabertura estabelecido no Estado.


Fotos: Clóvis Miranda/DPE-AM

233 visualizações