Defensoria realiza curso de formação para novos defensoras e defensores públicos



A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) realizou nesta segunda-feira (5) a abertura do curso de formação para os nove defensoras e defensores públicos que tomaram posse no último dia 30 de março. Os novos defensores e defensoras vão reforçar o atendimento da instituição e permitirão a implantação de mais polos no interior. O curso de formação é realizado na sede da Defensoria, na Avenida André Araújo, Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus e segue até o dia 09 de abril.


Na abertura do curso, o defensor público geral, Ricardo Paiva, desejou aos novos defensores e defensoras sucesso na caminhada junto à DPE-AM e ressaltou que o diretor da Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Esudpam), Rafael Barbosa, e o coordenador da escola, Maurílio Casas Maia, responsáveis pelo desenvolvimento do curso de formação, têm muita experiência e conhecimento acumulados para compartilhar.


Paiva destacou, ainda, que o conteúdo do curso de formação passa pela atuação estratégica da Defensoria com as especializadas, como a de Interesses Coletivos, os núcleos de Moradia, Saúde, Consumidor, Criança e Adolescente e Defesa da Mulher, além dos polos do interior. “Tudo feito com o sonho de ver a Defensoria do Amazonas forte e respeitada perante outros órgãos. O Rafael, que foi o defensor geral antes de mim, quebrou vários paradigmas para que chegássemos até aqui”, afirmou Ricardo Paiva.



Como diretor da Esudpam, Rafael Barbosa também deu as boas-vindas aos novos defensores e defensoras, parabenizando-os pela posse em uma carreira que hoje é ‘de ponta’, graças ao trabalho de todos os membros das Defensorias do país. Rafael também explicou como será o curso, em que se pretende unir teoria com as formas com que cada tema é trabalhado no Amazonas e ressaltou o papel estratégico dos núcleos, especializadas e polos do interior, além de destacar a importância da relação com a mídia e veículos de comunicação, o que também será trabalhado durante a formação.


“Nosso objetivo é um só, fortalecer a Defensoria e colocar a instituição em um patamar mais alto, um patamar que nossos assistidos merecem”, afirmou Rafael Barbosa.


O coordenador acadêmico da Esudpam, Maurílio Casas Maia, também falou sobre o crescimento organizado da Defensoria do Amazonas nos últimos anos e destacou a sinergia entre a administração da instituição e os defensores. “Contem conosco e saibam que sugestões serão ouvidas e acolhidas”, disse Maurílio.


A primeira palestra do curso, realizada na manhã desta segunda-feira, foi “Entendendo a LGDP”, ministrada pelo diretor de Administração, Rudson Nunes, para orientações sobre o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados na atuação da Defensoria.


Fotos: Clóvis Miranda/DPE-AM

96 visualizações