Defensoria recebe da Sejusc doação de 2 mil máscaras de tecido para servidores



DPE-AM também busca parcerias com empresas para garantir segurança no retorno às atividades presenciais



A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) recebeu nesta terça-feira, 2, a doação de 2 mil máscaras de tecido da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc). As máscaras serão distribuídas entre defensoras, defensores e servidores quando a instituição retomar as atividades presenciais internas. A entrega foi feita pela secretária de Justiça, Caroline Braz, ao defensor geral, Ricardo Paiva, na sede da Defensoria.



Para a retomada das atividades internas presenciais, a Defensoria desenhou um protocolo seguro, com uma série de medidas, desde a adequação das estruturas físicas, passando por um eventual rodízio de servidores, até a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para todas as pessoas que trabalham na instituição. Os equipamentos vão desde máscaras e protetores faciais até itens de higienização, como álcool em gel.



A abertura da instituição para o atendimento ao público externo ainda não tem uma data definida. Uma das razões é que as adequações estruturais demandam tempo para garantir segurança no ambiente para a saúde de assistidos, defensores e servidores.




O defensor geral ressalta que o atendimento de urgências segue mantido na Defensoria e que os cidadãos que necessitarem também podem ligar gratuitamente para o Disk 129, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h. Após às 14h, a Defensoria mantém um plantão funcionando no número (92) 3198-1422, até as 17h.



Ricardo Paiva explica que a busca de parcerias para a doação de EPIs é a alternativa encontrada pela Defensoria considerando iniciativas de empresas e instituições e a redução na arrecadação no momento crise. “Estamos em busca de outras parcerias, como de empresas do Distrito Industrial, para a doação de 1 mil protetores faciais e de mais 2 mil máscaras”, afirmou Paiva.



Doação



As máscaras doadas pela Sejusc foram produzidas pelo projeto “Costurando a Esperança, Protegendo Vidas” criado pela secretaria, com a participação de 200 costureiras que produzirão 1 milhão de máscaras para distribuição a órgãos públicos e pessoas carentes. A produção das máscaras vem sendo feita no Clube das Mães do bairro Aparecida, Zona Centro-Sul de Manaus. Aproximadamente 20 mil máscaras já foram distribuídas desde criação do projeto, no início de maio.



Para a secretária de Justiça, Caroline Braz, a parceria da Sejusc com a Defensoria é importante a fim de garantir a segurança e a prevenção dos servidores e dos defensores públicos no retorno às atividades presenciais. A secretária, que é defensora pública licenciada, ressaltou a importância de manter os cuidados básicos no processo de reabertura do Estado.



“Na produção dessas máscaras estamos empregando 200 costureiras que estão produzindo 1 milhão de máscaras para serem distribuídas em órgãos públicos e para as pessoas mais carentes da cidade”, afirmou Caroline Braz.



O defensor geral agradeceu, dizendo que as máscaras contribuirão muito para a retomada das atividades da Defensoria. “Certamente nossos servidores, nossos membros, estarão protegidos no momento em que eles mais vão precisar para atender a população carente do nosso Estado. Nossos serviços não voltam agora, mas no momento oportuno, com certeza as máscaras serão um item de proteção”, concluiu Paiva.



Fotos: Clóvis Miranda/DPE-AM

53 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL
Please reload

CONSELHO SUPERIOR
Please reload

LEGISLAÇÃO
SERVIÇOS
Please reload

IMPRENSA
Please reload

Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas