Lançado estudo global sobre os "Impactos do Covid-19 nos sistemas de justiça"



A pandemia do COVID-19 acabou surpreendendo todas as nações do planeta, desencadeando a busca por mecanismos eficientes e eficazes para conter a disseminação da doença. Além da crise humanitária, o surto também tem provocado no cenário global múltiplos impactos (sociais, políticos, econômicos, ambientais etc.), cujas consequências eram inesperadas e continuam a ser imprevisíveis.


Para avaliar os ambivalentes impactos da pandemia nos sistemas judiciais e de assistência jurídica, os Defensores Públicos do Estado do Rio de Janeiro Cleber Alves, Diogo Esteves e Franklyn Roger Alves Silva, juntamente com o Defensor Público do Estado de São Paulo Júlio Camargo de Azevedo realizaram o lançamento do estudo "Impactos do COVID-19 nos Sistemas de Justiça".


A pesquisa empírica colheu dados de 51 países, entre os dias 07 e 27 de abril de 2020, avaliando as medidas adotadas pelos diferentes sistemas judiciais e jurídico-assistenciais ao redor do mundo. Os dados coletados demonstram que, enquanto a epidemia avança pelos países em desenvolvimento, violações aos direitos humanos estão sendo cometidas sob o pretexto de mitigar a ameaça do COVID-19 (31% dos países analisados). Além disso, em mais de 70% dos países estudados, as medidas compulsórias de isolamento social acabaram impulsionando a adoção de medidas tecnológicas pelos sistemas judiciais e pelas agências de assistência jurídica, como forma e evitar o contato pessoal e garantir a continuidade dos serviços legais.


No entanto, recursos limitados e soluções improvisadas acabaram comprometendo a capacidade de manter níveis normais de acesso à justiça na maioria dos países estudados (51%).


A atual quadro de incerteza que mina a estabilidade dos sistemas judiciais e das agências de assistência jurídica provavelmente perdurará pelo futuro próximo, e a crise econômica desencadeada pelas medidas compulsórias de isolamento social já tem gerado, em alguns países, a perspectiva de cortes no orçamento da assistência jurídica (25% dos países analisados).


Clique aqui para acessar a pesquisa completa. O estudo também está disponível no site do Global.

28 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL
CONSELHO SUPERIOR
Please reload

LEGISLAÇÃO
SERVIÇOS
Please reload

IMPRENSA
Please reload

Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas